sábado, 17 de outubro de 2015

Resenha - Uma lição de amor

Oi gente, tudo bem?

O Marcos Paulo já contou por aqui que eu conheci a Elysanna Louzada, autora parceria aqui do blog, na bienal no livro deste ano, né?! Naquela oportunidade, ela nos cedeu dois livros para resenha: Círculo de Fogo para ele (resenha aqui) e Uma lição de amor para mim! Hoje é dia de contar para vocês o que eu achei desse lindo romance escrito pela simpática Elysanna.


O que diz a contracapa:

Uma Lição de Amor



DEPOIS da morte da sua avó, Ana Luísa foi para o Rio de Janeiro cursar Serviço Social, mas não imaginou que seria tão difícil adaptar-se à cidade. Quando Otávio, veterano do curso de Direito, apareceu disposto a ajudá-la, ela o viu como um porto seguro. Ele a apresentou à capital fluminense e também ao seu irmão gêmeo, Eduardo. À medida que Ana adapta-se ao Rio, a relação entre os três consolida-se em uma amizade sincera. Mas Eduardo forma-se em Medicina e entra para o Médicos Sem Fronteiras. Depois de quase um ano fora do Brasil, ele retorna amadurecido e disposto a conquistar Ana dando início a um triângulo amoroso que poderá destruir a relação com seu irmão.





O que eu achei:

Eu adoro romance, é o meu gênero literário favorito, então eu estava super empolgada para conhecer a história do Edu. Sempre via a Elysanna postando a #andorinhasdoEdu o que me deixava mais animada ainda.

Em Uma lição de Amor conhecemos Otávio e Eduardo, dois irmãos que são completamente diferentes, o primeiro é advogado, sério, responsável, assumiu os negócios da família e sempre tira o irmão das enrascadas. Eduardo, por sua vez, é um médico, conquistador, atencioso, espontâneo  e fofo. Os dois são pessoas incríveis e têm algo em comum: o amor por Ana.

Ana é uma menina do interior que se muda para a cidade do Rio de Janeiro após a morte dos pais e da avó. Mora em um quarto na casa de uma senhora na Lapa e faz faculdade de Serviço Social. Foi exatamente no primeiro dia de faculdade, enquanto estava tentando se adaptar à correria da cidade grande, que Ana conheceu Otávio, desde então se tornaram amigos inseparáveis.

O livro para mim começou tenso. Não sei se já falei aqui mas não curto muito os livros denominados de "sick-lit", não gosto quando as personagens ficam doentes e sofrem. Uma lição de amor não é um sick-lit, mas, a cada novo capítulo nos deparamos com uma contagem regressiva para a doença. Não sabemos que doença Ana terá, se será grave ou não, mas é certo que ela ficará doente porque desde o primeiro capítulo a autora já nos prepara com a contagem regressiva para a internação de Ana e isso me deixou muito tensa mesmo.

O triângulo amoroso entre os irmãos e Ana também é nítido desde o começo e logo já sabemos qual deles é o verdadeiro dono do coração dela, mas confesso que não entendia muito as suas atitudes. Mesmo assumindo um relacionamento com um dos irmãos, Ana parecia alimentar, ainda que sem querer, o amor do outro. Os dois estavam sempre prontos para tratá-la como uma princesa e ela aceitava todos os mimos (claro que com um certo charminho antes).

Mas o livro não se trata apenas da disputa dos dois irmãos pelo coração de Ana, muito pelo contrário, Elysanna tem uma sensibilidade incrível para narrar momentos emocionantes, muitos deles tristes, mas não menos emocionantes. O amor que nasce entre as pessoas nos momentos difíceis, os laços que Ana e Otávio fazem no hospital com as crianças internadas, o carinho e cuidado que Eduardo tem por todas as pessoas no Médico sem Fronteiras...enfim, a autora sabe como tocar a nossa alma e nos fazer chorar. 

Preciso falar que achei a autora um pouco malvada (rssss), meu Deus, acontecem muitas coisas tristes com os personagens ao longo da história. Terminei de ler aos prantos e acabei enumerando para mim mesma a quantidade de baixos que Ana, Edu e Otávio e alguns personagens secundários passam e não são poucos! Claro que o livro não é só tristeza, mas ele é repleto de momentos que me fizeram chorar e muito (só visualizem a blogueira aqui tentando segurar o choro no metrô...rsss...repito, tentando!).

Momento da tentativa de segurar o choro no metrô!


O livro é uma linda história de amor, mas não apenas o "amor romântico" entre duas pessoas, mas o amor filial, o amor pelas pessoas que estavam sofrendo, a doação de tempo, carinho, cuidado a quem precisava. 

Agora eu entendo do porque da #andorinhasdoEdu, ele é mesmo um personagem muito cativante, mas, se fosse para escolher, eu seria Team Otávio, me apaixonei por ele desde a primeira cena, com a sua personalidade forte, responsável, adulta, madura enquanto o irmão tinha algumas atitudes um pouco infantis para o meu gosto! Alguém mais que leu o livro também é Team Otávio ou estou sozinha entre as Andorinhas do Edu? Rsss!

O final partiu meu coração em um milhão de pedacinhos, mas acho que a autora soube conduzir bem os acontecimentos que levaram ao desfecho. Eu indico o livro para todos que, assim como eu, adoram um romance com pitada de drama, preparem os lencinhos e o chocolate, vocês vão precisar!

E, afinal, qual dois dois irmãos é o verdadeiro amor de Ana? Só lendo mesmo para saber! =)

Espero que gostem!

Com carinho,
  



Dados do livro

Nome: Uma lição de amor
Autor: Elysanna Louzada
Editora: Ases da Literatura
Páginas: 246




27 comentários:

  1. Olá, Mari. O gênero romântico não é meu favorito, mas já apreciei várias leituras do tipo. Uma lição de Amor me intrigou pelo triângulo amoroso, contendo dois irmãos a disputa de uma garota. Mas, o que me interessou mesmo no livro foi a narração da autora, não se preocupando apenas com o romance e o triângulo. Além, claro, da contagem regressiva para uma doença inimaginável. Gostei!

    ResponderExcluir
  2. Eu já conhecia o livro, porém não tinha certo interesse nele. Adoro livros que contenham momentos emocionantes, e também que hajam triangulo amoroso, a questão é que é bacana ver duas pessoas brigando para ter o coração de outra. Acima de tudo amo romance e drama juntos fica ainda melhor, vou até adicionar a lista.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mari
    Já falei, mas vou repetir que foi um imenso prazer conhecê-la na Bienal. Você é uma super fofa e espero que possamos nos rever em São Paulo ano que vem.
    Obrigada pelo carinho com o Uma Lição de Amor. Fico muito feliz que tenha gostado do meu livro.
    Agora, você já pode ler a continuação que estou postando no wattpad. É um livro contado pelo Edu. Você vai entender muito do que aconteceu no primeiro volume.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Mari, adorei a sinopse desse livro e a resenha que você fez dele, fiquei morrendo de vontade de ler. Já adicionei ele nas minha lista de próximas compras.

    Beijos, Gabi

    ResponderExcluir
  5. Romance sempre será para mim o meu gênero literário preferido e quando mais clichê melhor.
    Não vou negar que ainda não conhecia esse livro, já tinha visto a resenha de um outro livro dela aqui no blog, e gostei bastante. A história me parece que vai além do triangulo amoroso, e vai ser muito emocionante, fiquei bastante interessada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lana
      Fico feliz que tenha se interessado pelo livro. E, pode acreditar, a narrativa vai muito, muito além do triângulo amoroso.
      Ele está disponível em E-book na Amazon por 5,99
      http://www.amazon.com.br/gp/product/B00L4A56MC

      Excluir
  6. Oi Mari! Assim como você meu gênero favorito é o romance ♥ Eu já escutei/li muito sobre a autora, ainda mais por ela morar no mesmo estado que eu, e também sobre o livro resenhado. Desde que li a sinopse pela primeira vez, há um tempinho, me apaixonei pela história! Amo essas histórias com triângulos amorosos, disputas, distância, drama, chororô... hahaha Aquele romance básico né?! Quero muito ler o livro! Aproveito para perguntar aonde posso adquirir o livro? Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Isabella
      Bom saber que é capixaba também.
      Fico feliz que queira conhecer a história do Uma Lição de Amor.
      Você tem duas opções de compra
      E-Book na Amazon por 5,99 http://www.amazon.com.br/gp/product/B00L4A56MC
      Ou físico comigo mesmo por depósito bancário. É só entrar em contato pelo e-mail elysannalouzada@gmail.com
      Beijos

      Excluir
  7. Oie!
    Eu também costumo gostar bastante de romances! Fiquei meio assim somente com o triângulo amoroso: não sei se acontece alguma coisa entre os irmãos, mas não gosto quando uma mulher fica entre os dois - Otavio sempre salva Eduardo e ele agradece tentanto 'roubar' Ana? Realmente, não entendo! Espero que não seja assim haha
    Beijos,
    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
  8. Mari lindona confesso que triângulos amorosos me irritam ainda mais com mimimi de protagonista, mas lendo sua resenha acredito que esse livro vai muito além disso, e despertou minha curiosidade. Vou esperar o desfecho para começar a ler. beijos e ótima resenha repleta de sentimentos.

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  9. Oi! ^^
    Definitivamente esse livro não é para mim. Não curto muito romances e se tiver drama aí é que eu não curto mesmo. Gosto de ler para me distrair dos problemas, recuperar a esperança nos finais felizes, me alegrar, um livro que pode me levar às lágrimas não costumo chegar nem perto. A vida já está aí para isso. Essa dica eu passo. Mas que bom que você gostou! Melhor coisa do mundo é ler um livro e gostar do que lemos!

    Beijussss;
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
  10. Oii!!
    Esse é um romance e tanto, sou muito chorona e não costumo muito ler "sick-lit", pois sempre fico muito triste com historias assim. Porém fiquei encantada com o romance e o triangulo amoroso, quero muito saber com quem ela fica no final.
    Parabéns pela resenha!!
    Bjos e sucesso!!

    ResponderExcluir
  11. Oi Mari, tudo bem?
    Também conheço a Elysanna e ela é uma fofa mesmo. Estou com esse livro aqui para ler e confesso que não sabia quase nada sobre ele. Agora estou mais curiosa do que nunca e se pudesse largava tudo para iniciar o livro agora mesmo. Não sou fã de romances, mas adoro um drama e tenho certeza de que vou curtir bastante a leitura.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Já conheço o livro por alto, mas não sabia sobre o que se tratava em si. Eu confesso que não gosto muito de histórias em que os personagens ficam doentes (dos sick-lit eu fujo), mas fiquei interessada nessa leitura.
    Espero ter oportunidade de fazê-la em breve e gostar tanto quanto você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Mari! Já tinha lido outra resenha sobre esse livro e a sua está super completa! Parabéns! Fiquei super curiosa para saber obque vai acontecer: a doença de Ana, que irmão ela vai ficar...E mais ainda, por saber que o final te surpreendeu! Beijos!

    http://www.livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oláá
    Sua resenha está ótima, ganhei o livro recentemente e espero ler por agora e gostar muito do romance, já que escuto inumeros elogios, que bom que curtiu a leitura

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu odeio triângulos amorosos com todas as minhas forças, um que envolve irmãos então não tenho a menor vontade de conhecer. E que aflição eu teria com essa contagem regressiva para a internação da Ana... não gosto quando os personagens sofrem muito. :/ Enfim, não leria, mas que bom que gostou mesmo tendo seu coração partido em milhões de pedacinhos.

    Beijo,

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  16. Oi Mari,

    que bom que você gostou do livro. Já tinha visto algumas outras resenhas sobre ele, mas a sua me deixou animada. Já vi que o livro vai ser também bem emocionante. Meu lado masoquista agradece huahuahua

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  17. Que história encantadora, e que capa linda, enfim o livro todo é perfeito. Gostaria de le-lo. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  18. Olá... Mari, tudo bem??
    A minha resenhista resenhou esse livro no blog e assim como você ela amou a narrativa e a leitura... eu eu curti bastante a premissa, até saber da doença, fiquei com um pé atrás porque eu não curto muito essa coisa de doença nas histórias, mas achei a parte dos médicos sem fronteiras uma maravilha, porque esse projeto é lindo e realmente dá valor aos seres humanos... se doar ao próximo com amor, infelizmente nos dias de hoje é algo muito dificil de se ver... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Bom, como você, eu também adoro romance e também é meu gênero literário favorito e por esse motivo, me interessei por esse livro, pois a história parece ser boa.

    ResponderExcluir
  20. Mari, socorro! Que necessidade imensa de ler um livro. Sério. Já vai pra wishlist e sinto que vou ser #TeamOtávio também. Esses triângulos já me despedaçam, imagina a história?! Bjs

    ResponderExcluir
  21. Nossa! Já tinha ouvido falar bem da autora e tinha boas expectativas sobre seus livros mas nunca tive interesse mesmo de ler algum livro. Essa história parece ser muito interessante, adoro o jeito que você a descreveu. Se achar esse livro na bienal, minha carteira que se segure kkk

    ResponderExcluir
  22. Oi Mari, tudo bom?
    Nossa, eu amo romances e esse livro tem vários elementos que eu curto em minhas leituras. Ao contrário de você, eu gosto de sick-lit, mesmo que seja um pouco triste. Ai, só fiquei com o pé atrás porque não gosto de triângulos amorosos, mas curti a proposta geral do livro. Só eu observei que você torce para o advogado? Hahahha.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. oi Mari, tudo bem?
    eu também adoro um bom romance, e ultimamente, é só isso que eu quero ler, rs. Porém, confesso que tenho um pouco de receio de ler Uma lição de amor, porque ando sem um pingo de paciência para triângulos amorosos. Acho que é uma leitura que eu deixaria para o futuro.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá Mari, eu adorei a resenha desse livro. Com certeza vou me identificar com a narrativa e tema da autora, gosto de dramas, e gosto quando autor tem a consciência de desenvolver um romance diferente com uma outra percepção.
    Bjkas
    Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  25. A parte do triângulo amoroso não me interessa nem um pouco, mas sick-lit eu curto, mesmo sabendo que posso sofrer. Já ouvi falar muito bem da Elysanna, mas ainda não li nada dela. Pelo visto não vou me arrepender quando der uma oportunidade.
    Beijos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.