quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Cisne - Uma geração. Todas as decisões.

Olá, amigos! Como está a semana de vocês? Por aqui tudo certo, graças a Deus!

Voltei para cumprir mais uma promessa e falar um pouco mais sobre Cisne com vocês! Lembram do nosso bate-papo com a Eleonor Hertzog? O primeiro livro da série "Uma geração. Todas as decisões" é o protagonista da resenha de hoje!

Quando fechei parceria com a Eleonor, não imaginei que Cisne chegaria tão rápido às minhas mãos! Mas chegou! Super bem embalado, em papel azul (combinando com a capa) e adesivo de Cisne fechando o pacote. Percebi que me foi enviado com muito carinho!

Eu imagino como deve ser para o autor entregar o livro aos seus leitores! Deve ser uma emoção única, que eu espero do fundo do coração sentir algum dia!

Com esse mesmo carinho e respeito à obra, me entreguei à leitura de Cisne e só posso dizer que me surpeendi... mais e mais a cada página! Vamos lá?

O que diz a contracapa:

Ninguém sabe exatamente quais são os critérios de seleção da Escola Avançada de Champ-Bleux, mas não há como discutir sua eficácia. Seus exames de ingresso não erram nunca! Entre milhares de candidatos de todos os pontos da Terra, apenas duzentos e cinquenta são escolhidos a cada semestre. E, num mundo onde ser cientista é o maior status que alguém pode desejar, a Escola Avançada de Champ-Bleux forma aqueles que são disputados a peso de ouro. Doris e Henry Melbourne são cientistas formados por Champ-Bleux. Aparentemente, são biólogos marinhos. Aparentemente, suas vidas se centram no Cisne, barco de pesquisas onde moram com os filhos. E, também aparentemente, são terráqueos... Seus filhos acreditam em todas essas aparências – ao menos por enquanto. Seguindo os passos dos pais, os jovens Melbourne fizeram os exames de ingresso para Champ-Bleux. Enquanto, cheios de expectativa, aguardam os resultados para saber se ao menos um deles entrou na Escola Avançada, veem-se envolvidos numa questão diplomática entre Terra e Tarilian, o único outro mundo habitado que os terráqueos conhecem. Inesperadamente, o futuro das relações entre os dois mundos vai ser decidido em um barco no meio do oceano! Mal sabem eles que isso é apenas o começo... Logo precisarão decidir pela Terra inteira!
O que eu achei:

Incrível! Essa palavra define muito bem o que eu senti enquanto lia Cisne. Fiquei pensando de onde a autora tirou tanta imaginação e criatividade, em uma história muitíssimo bem construída e diferente das histórias que passam pela minha estante.

Em Cisne, encontramos uma Terra um pouco diferente desta em que conhecemos e vivemos. Não há mais guerras e a convivência com pessoas de outro planeta é algo natural.

Este outro planeta é chamado de Tarilian. Com seu povo pacífico e ciência avançada, Tarilian chamou a atenção da Terra, que voltou sua capacidade tecnológica para levar astronautas e cientistas em segurança ao planeta recém-descoberto.

Logo, Terra e Tarilian percebem que podem aprender e evoluir um com o outro e um acordo de intercâmbio entre cientistas dos dois planetas é firmado.

Neste ínterim, conhecemos os Melbourne: uma família de pais cientistas/biólogos marinhos formados pela maior, melhor e mais cobiçada escola: a Champ-Bleux. Seus oito filhos (Teo, Ted, Tim, Tom, Peggy, Pam, Lis e Bobby) são também a tripulação do Cisne, local de trabalho e lar da família. 
Grande parte do enredo se passa a bordo do Cisne. Aos poucos vamos conhecendo melhor cada um dos personagens e suas particularidades. São todos muito especiais do seu próprio modo. Para mim, a mais complexa é Peggy, filha adotiva dos Melbourne, seu passado é um mistério e, de alguma forma, ela acaba mobilizando a todos, seja para protegê-la, ou mesmo para entende-la. 
As relações entre a Terra e Tarilian começam a estremecer e então algumas verdades nos são reveladas. Tive a impressão de que nada do que parecia ser no início do livro, condizia com a realidade. Os mistérios vão se desdobrando e eu morri de vontade de descobrir tudo.
O que eu mais gostei em todo o livro (além de conhecer mundos diferentes) foi acompanhar como as pessoas de outros planetas se comportavam aqui na Terra. Eu amava quando virava a página e me deparava com o núcleo de Michele e Anton. Michele é a filha de um cientista que, junto com seu pai, recebeu Anton (vindo de outro planeta) em sua casa. Adorei acompanha-lo em sua jornada por um planeta diferente do seu, onde ele não queria estar. Tenho certeza que vocês também vão gostar!
Preciso confessar que a resenha de Cisne foi uma das mais dificeis para mim. Quando eu venho aqui conversar com vocês a respeito de um livro, muito mais do que contar sobre o que ele fala, eu gosto (ou pelo menos tento) passar para vocês a atmosfera da leitura, o que aquela história nos faz sentir. A série "Uma geração. Todas as decisões" literalmente me deixou sem palavras. Foi dificil contar um pouco da história, sem estragar qualquer surpresa para vocês (sou contra spoilers) porque o livro é supresa do início ao fim.
Então, fica a minha indicação! Eu ja estou louca para ler Linhagens (o segundo livro a série) e sei que o terceiro já está quase aparecendo por aí!
E então, leitores, gostaram de mais esse nacional? O livro é realmente incrível, não se assustem com as quase 900 páginsa (eu amo livros grandes!!!)!!
Eleonor, desejo sempre mais e mais sucesso!!!
Com carinho,
Mari
Dados do livro:
Nome: Cisne - Uma geração. Todas as decisões
Autora: Eleonor Hertzog
Editora: Dracaena
Ano: 2012
Páginas: 832

8 comentários:

  1. Oi Mari!

    Bela resenha, não vejo a hora de efetuar a leitura do livro =)
    SciFi é um dos meus temas preferidos, mas o tamanho do livro assusta um cadinho né?
    HSUHSUHSU

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari! Tudo bom?
    Preciso ler esse livro desde o ano passado, mas pretendo ler nesse semestre.
    Eu baixei em ebook na Amazon e acredito que vai ficar mais fácil porque é difícil carregar um livro tão grande por aí.
    A premissa de Cisne é diferente de qualquer livro que eu tenha lido e estou bem instigada com a leitura.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari, tudo bem?

    Todo mundo fala muito bem de Cisne, só a capa já nos dá uma pequena dimensão da viagem que o livro nos leva. Mas confesso que apesar da curiosidade em lê-lo, não é algo que eu faria por agora. Não tenho o livro, queria ter ganhado no dia do Mochila huahuahuahua. =P. Estou esperando a oportunidade de comprá-lo.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu queros marcadores p.p
    Instagram: @jesspaula28
    E-mail: jessykyta_vr@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Eu quero os marcadores *-*

    danieleqdrs@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Mari, eu amo o Livro Cisne e Linhagens o tamanho não me assustou em nada, o que me surpreendeu mesmo foi a rapidez que li o livro, pois a história é ótima, adorei sua resenha!
    bjkas

    ResponderExcluir
  7. Oi Mari,
    tudo bem?
    O meu livro chegou da mesma forma que o seu e eu tive a mesma impressão que a sua: quanto carinho. A autora realmente pensou e mim quando enviou o livro. recebê-lo realmente foi um presente. Está na minha lista de leitura e em breve irei embarcar no Cisne!!!
    Como você adoro livros com muitas páginas.
    Acho que para mim também será muito difícil escrever a resenha.
    Sucesso Eleonor!!!
    Eu quero os marcadores sim!!!
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/
    e-mail: euqueroumcantinhodaleitura@gmail.com

    ResponderExcluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.