sábado, 20 de julho de 2013

Para Sempre

Olá apaixonados por livros!!
Por aqui tem mais uma resenha esperando por vocês!
Acredito que muita gente deve ter lido o livro de hoje. Ele esteve em promoção (acredito que ainda está) por 9,90 em vários sites de compras e foi assim que eu adquiri o meu (já falei para vocês que adoro promoções de livros, né! Estou sempre de olho). Em razão do preço, acho que ele deve ter conquistado o seu lugar em vários cantinhos de leitura por aí!
Vamos falar um pouco sobre a história de Kim e Krickitt Carpenter. A história do amor dos dois é tão linda que virou filme, virou livro, esteve na mídia internacional e conquistou o coração de todos (inclusive o meu).
Eu ainda não vi o filme, mas quero muito vê-lo! Depois que eu leio o livro eu gosto de ver o filme relacionado. Gosto de analisar como cada cena foi inserida no contexto do cinema e se a minha imaginação condiz com a história contada na telona. Vocês fazem assim também? Mas primeiro preciso ler, afinal, na grande maioria das vezes, o livro é infinitamente melhor, não acham?
O que diz a contracapa?
“A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte de sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a ‘Krickitt’ com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.”
 
O que eu achei?
O livro é bem fininho e você lê super rápido. Eu li no trânsito do Rio de Janeiro, quando demorei quase quatro horas para sair da cidade. Com o meu pai ao volante, abri meu livro e nem vi o tempo passar, entrei completamente na vida desse casal.
Para começar, a história de “Para sempre” é real e isso é incrível! Mostra como existem pessoas que valorizam o amor e os votos feitos no altar no dia do casamento.
Kim e Krickitt se conheceram de uma forma diferente: pelo telefone da loja em que ela trabalhava. Ele virou freguês assíduo e sempre pedia para ser atendido pela moça sorridente que lhe desejava o “bom dia” mais alegre que ele já recebeu. Rapidamente a amizade virou amor e do amor o casamento.
Com apenas dois meses de casados, Krickitt e Kim resolveram passar o feriado de Ação de Graças na casa da família dela. Como era primeira viagem do casal, os dois estavam super animados quando, repentinamente, sofrem um acidente envolvendo o seu carro e uma caminhonete.
O acidente traz sérias consequências para Kim, mas as lesões foram muito maiores em Krickitt, que permaneceu em coma por várias semanas e, ao acordar, não se lembrava de parte de sua vida.
Vocês já assistiram aquele filme “Como se fosse a primeira vez”? Foi exatamente desse jeito que eu imaginei que ficou a vida desse casal. Krickitt não se lembrava de Kim, não se lembrava que era casada. Por mais que as pessoas confirmassem e que ela visse com os seus próprios olhos as fotos do casamento, Krickitt não sentia qualquer relação com a mulher sorridente das fotos, era como se fosse a vida de outra pessoa. O próprio Kim cita o filme ao relatar o caminho que tomou seu casamento.
O bonito da história é que em nenhum momento Kim desistiu de Krickitt e eu acho que só por isso já vale a leitura do livro. Hoje em dia, onde os relacionamentos duradouros são desvalorizados e na primeira dificuldade o casal já opta pelo divórcio, ler sobre as tribulações que Krickitt e Kim passaram é como trazer uma nova esperança para o amor.
Eu valorizo muito o casamento e os votos que os noivos fazem no altar. Acredito que é para sempre e aqueles votos devem ser respeitados e é essa a mensagem que Kim nos passa durante toda a leitura.
Os dois, recém casados, com a vida inteira pela frente, com uma família a ser construída, passam por essa situação tão delicada. No livro, contado por Kim, acompanhamos todo o seu desespero: pela saúde de sua esposa e pela reconstrução de seu casamento.
Uma lição de vida, de amor, de companheirismo, de valorização da família e de lealdade. A vontade que eu tive ao terminar a leitura era de encontrar essa família e abraçá-la. Acredito que Deus nunca nos dá um fardo maior do que conseguimos carregar e o fardo desse casal (embora muito pesado) serviu de exemplo para inúmeros outros casais pelo mundo.
Desejo que Deus abençoe cada dia mais essa família e as nossas famílias também!
Leitura super recomendada!
Espero que gostem! Me contem se já leram e o que acharam!
Boa leitura,
Mari
 
Dados do Livro:
Nome: Para Sempre
Autor: Kim e Krickitt Carpenter
Tradução: Ivar Panazzolo Júnior 
Editora: Novo Conceito
Ano da Edição: 2012
Páginas: 144

10 comentários:

  1. Oi Mari, tudo bem?

    não li a sua resenha pq sou doida pra ler esse livro. Já tenho ele aqui em casa, e ele é tão pequenininho, mas mesmo assim, ainda não tive tempo de ler. Pretendo fazer isso assim que terminar o book tour que comecei a ler ^^ Meu irmão já leu e curtiu, apesar de ter me contado o final ¬¬

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.con.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kel!!! Tenho certeza que vc vai amar a leitura!! Super indico!!! Muito obrigada pela visita!! Adoro seus recadinhos!!!

      Beijos

      Excluir
  2. Nossa amei a resenha! Vamos dizer que estou meio preguiçossa e abandonei um pouquinho os livros mais estou sentindo muita falta!
    Vou pegar emprestado da minha amiga, ela estava lendo e estava amando a historia!
    Beijos FB :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii!!! Que bom que vc gostou! Fico muito feliz!!

      Eu também sinto muita falta quando fico um tempinho sem ler... ler é bom demais!

      Adorei a visita!!

      Beijos

      Excluir
  3. Ain Mari, amei a sua colocação sobre o livro, juro! Me deu até vontade de Lê-lo novamente... Fiquei arrepiada!
    Este livro é demais e muito abençoador - ao menos eu acho!
    Ah, adivinha o que tem lá no blog hoje?! Resenhaaaaaa!!

    Beijos linda ~*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivian!!! Que fofa!!! Muito obrigada pelo carinho! O livro é demais mesmo, que bom que gostou da resenha!

      Vou te visitar para ver qual a nova resenha que você trouxe para o seu blog!!!

      Beijos, flor!!

      Excluir
  4. Amei esse filme *--*
    muito lindo, Lindo blog *www.perfeitasnoivas.blogspot.com.br meu FB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você viu o filme?? Eu ainda não!! Quero muito, porque o livro eu gostei bastante!!

      Beijos

      Excluir
  5. Eu assisti o filme, ia ler o livro mas como ia emprestar da minha irmã e ela estava lendo fui deixando e nem li ainda hehe
    Mas gostei muito do filme :)


    Ideias Trocadas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que eu ainda não vi o filme?? Mas quero muito... está na lista!!

      Obrigada pela visita!!

      Beijos

      Excluir

Amigos leitores, sintam-se a vontade para comentar o post. Peço que, por favor, ao tecerem os comentários, não utilizem palavras e expressões que possam ofender os demais. Obrigada.